Decoração de apartamentos pequenos: confira 9 dicas incríveis

Morar em um apartamento pequeno tem suas vantagens: a limpeza é mais fácil e rápida, os custos com energia elétrica podem ser menores e o valor do imóvel pode ser mais baixo. Por outro lado, muitos proprietários têm dificuldade quando o assunto é decoração de apartamentos pequenos, uma vez que são ambientes com espaço limitado.

A decoração de apartamentos pequenos deve ser planejada, já que é essencial para melhorar a distribuição dos móveis, otimizar o espaço e ganhar mais área de circulação.

Por isso, veja agora 9 dicas para a decoração de seu apartamento pequeno, com praticidade e bom gosto.

1 – Decoração de apartamentos pequenos exige desapego

Utilizar melhor os cômodos não significa aproveitar cada mínimo espaço para encaixar um novo móvel ou objeto. Significa pensar na organização de forma inteligente, que proporcione áreas livres para circulação, com bom equilíbrio entre praticidade e estética.

Livre-se de tudo aquilo que não é necessário. Se algum item está fora de uso há mais de três anos, chegou a hora de repensar a utilidade para a sua casa. Dê preferência para móveis menores – mas nem por isso de baixa qualidade – e, consequentemente, acumule menos coisas.

2 – Cores claras ampliam os ambientes

As cores claras ajudam a criar a sensação de ambientes mais amplos. Use em todos os cômodos e garanta espaços mais arejados e visualmente maiores.

Para usar cores mais escuras e vivas escolha uma parede para ganhar o tom diferente. Quadros, almofadas e outros objetos de decoração também podem receber essas cores, ajudando a harmonizar o visual dos ambientes.

3 – Invista em móveis planejados

Uma boa decoração de apartamentos pequenos pode e deve ganhar um toque de sofisticação com móveis planejados. Eles são fabricados de acordo com o espaço disponível na sua residência, se adaptando perfeitamente às suas necessidades.

Na cozinha, por exemplo, é possível encomendar armários, bancadas, estrutura para fogão, mesa, e até um tampo móvel para a pia, ganhando uma nova “bancada” quando for necessário. O resultado é um ambiente agradável, bonito e bastante prático no dia a dia.

E fazendo uma pesquisa entre as várias empresas disponíveis no mercado, o custo-benefício pode ser excelente e bem menor do que você está esperando.

4 – Escolha o sofá com atenção

Os jogos de sofás de 2 e 3 lugares, com assentos amplos e confortáveis podem ser uma tentação, mas essa compra deve ser feita com cuidado e levando em consideração o espaço disponível na sua sala.

Portanto, vá às lojas com a fita métrica em mãos. Meça quanto de espaço há para que o sofá seja posicionado com conforto e sobra de espaço e escolha apenas dentro dessas medidas.

Dê preferência a um único sofá de 2 lugares e faça a conjugação com poltronas ou pufes, que podem ser facilmente realocados e até utilizados para apoio de pé e substituir as mesas de centro (que certamente não vai encontrar espaço nessa sala).

5 – Espelhos também ampliam os cômodos

Lembra das cores claras? Outra dica para conseguir o efeito de ampliação é o uso de espelhos. Na sala ou copa, podem ser instalados em uma parede inteira, dando uma sensação de mais espaço.

Nos quartos, eles podem ir para a porta dos guarda-roupa, acima da cabeceira ou em outro móvel.

Além de aumentar, também é uma forma de deixar o cômodo mais bonito e requintado e é uma ótima dica de decoração em apartamentos pequenos.

6 – Nichos de paredes são excelente opção para guardar livros e objetos de decoração

Para os leitores natos, que não abrem mão dos livros em casa, a instalação de nichos de parede é uma ótima recomendação. Elas ficam no alto, deixando o chão livre para receber poltronas, sofás, mesinhas, cômodas e outros móveis.

Estão disponíveis no mercado em vários tamanhos e você pode abusar da criatividade na hora de coloca-las no apartamento.

Os nichos também podem receber itens decorativos, como pequenos vasos, estátuas e bibelôs.

7 – Banheiro também merece atenção especial na decoração de apartamentos pequenos

Ao planejar a decoração do banheiro, saiba por onde os encanamentos passam. Isso é fundamental para evitar vazamentos ao quebrar as paredes para instalar nichos.

Eles podem ser utilizados para guardar os produtos de banho, quando estão dentro do box, e itens como toalhas e papel higiênicos, quando estão perto da pia.

Na pia, dê preferência a cubas de semi-encaixe, que demandam lavatórios menores.

O cômodo deve ser bem iluminado, especialmente por luz natural. Espelhos com luz de foco direcionado contribuem para melhorar essa iluminação, proporcionando um ambiente claro e visualmente mais amplo.

8 – Opte por móveis com gavetas

As gavetas embutidas em móveis como a cama, mesa, e armários são uma forma de ganhar mais espaços.

É um meio de guardar mais coisas, sem a necessidade de instalar mais armários ou baús, otimizando o espaço e garantindo áreas livres no seu apartamento.

O ideal é que essas gavetas sejam destinadas a itens de pouco uso, que não precisem estar sempre à mão. Por exemplo: peças de enxoval.

9 – Truques arquitetônicos infalíveis para ganhar mais espaço

Com o apoio de um arquiteto é possível planejar móveis em formato de “L” que se encaixam nas quinas da parede, TVs giratórias e armários que camuflem objetivos.

Um armário da sala de estar, por exemplo, pode ser o espaço para colocar uma máquina de lavar roupas. Quando está fechado, ninguém vê o que está ali e na hora de usar, é só puxar a porta.

Com a ajuda de um espelho, você aumenta esse potencial de camuflagem, ganhando mais espaços com uma decoração bonita e prática.

Nesse caso, é muito importante solicitar o serviço de um especialista. Ele vai analisar todo os espaços do seu apartamento e definir como integrar todos os móveis e soluções de arquitetura disponíveis.

Ajude seus amigos a decorarem o apartamento. Compartilhe esse artigo no seu Facebook para que mais pessoas saibam como é fácil otimizar espaços em cômodos pequenos.

Mas se você está cansado de se adaptar ao apartamento pequeno, que tal se mudar para um mais amplo? Conheça os lançamentos da Intacta Engenharia.

 

Comentários

comentários